Projeto Agricultoras em Ação já atendeu aproximadamente 160 mulheres da região

Agricultoras em Ação é um projeto da Sociedade Educacional Três de Maio – Setrem, desenvolvido pelos professores e estudantes dos cursos de Psicologia, Agronomia, Enfermagem, Direito e Técnico em Comunicação Visual.

Ele tem o objetivo de despertar o empoderamento da mulher agricultora e a valorização de seu papel social. Para sua execução, conta com a parceria de instituições da comunidade, tais como cooperativas, sindicatos, entre outras.

A idealização do projeto nasceu no Núcleo de Projetos Psicossociais à Comunidade, do Serviço-Escola de Psicologia da Setrem (Serceps).

Sob a orientação da psicóloga e coordenadora do curso de Psicologia, Lissandra Baggio, os acadêmicos e estagiários realizaram um mapeamento das produções científicas já desenvolvidas na Faculdade Setrem, no período de 2012 até 2016, que abrange a realidade de mulheres residentes no campo, no região Noroeste do Rio Grande do Sul.

“Até o momento, o projeto já atendeu aproximadamente 160 agricultoras. As atividades são constituídas por rodas de conversa, oficinas, visitações e atividades com professores e estudantes dos cursos da Setrem. Os temas de discussão são relacionados à saúde mental, saúde física no trabalho rural, cooperativismo, produção de alimentos saudáveis, entre outras, buscando a valorização da profissão e da importância do papel da mulher agricultora na sua comunidade”, destaca Cléia Moraes, atual coordenadora do projeto e professora do curso de Agronomia.

Cabe ressaltar que, em depoimentos, as agricultoras que já participaram do projeto, trazem uma melhoria das relações pessoais, familiares e na vida em comunidade, sendo que, em alguns casos, houve relato de redução ou até finalização do uso de remédios psiquiátricos; em outro relato uma agricultora revelou ter conseguido superar o luto de seu filho e retomar suas atividades profissionais.

“Declarações como essas demonstram a potencialidade e relevância desse projeto para a melhoria das condições de vida das agricultoras, buscando uma melhor qualidade de vida, potencializando suas relações, promovendo saúde mental e física, além da experiência da psicoeducação e da valorização destas mulheres, que tanto são invisibilizadas nos locais onde vivem e trabalham”, relata Luthiane Godoy, professora do curso de Psicologia.

O envolvimento dos acadêmicos na execução do projeto tem despertado o interesse e a produção científica em Psicologia, culminando em participações em congressos nacionais e internacionais onde apresentou-se os resultados das ações com as mulheres rurais.

“O curso de Psicologia da Setrem tem se preocupado e ocupado a investigar as particularidades dos indivíduos do meio rural, em diferentes âmbitos, gêneros e faixas etárias, pois um dos objetivos do curso é formar profissionais que não apenas ocupem lugares de atuação já construídos, mas que possam usar de sua formação gerar alternativas de trabalho, atentos às demandas emergentes na sua região de atuação”, destaca a coordenadora Lissandra.

Acompanhe o Projeto Agricultoras em Ação nas redes sociais:


Para mais informações ou interesse em parceria para o desenvolvimento do projeto em sua comunidade, entre em contato pelo telefone/whatsapp da Setrem (55) 3535-4600, com Cléia Moraes.

Related Posts

× Dúvidas?
Skip to content